segunda-feira, 5 de junho de 2006

Um ano de crise e as bolhas de Ronaldo

O presidente Lula é definitivamente um homem de sorte. Amanhã, dia 6, faz um ano que estourou a crise do mensalão. A julgar pela edição de hoje da primeira página da Folha de S. Paulo, jornal que detonou a crise ao publicar a explosiva entrevista de Roberto Jefferson (PTB-RJ) com a denúncia do esquema, porém, Lula pode ir dormir tranquilo: a maior preocupação nacional no momento é com a condição clínica do atacante Ronaldo ou mais especificamente com o número de bolhas no pé do jogador. A dúvida cruel – Ronaldo joga na estréia da seleção ou não – deve persistir por um bom tempo e deverá ser o grande assunto dos brasileiros ao longo desta semana. A Copa do Mundo veio em ótima hora para Lula e em péssimo momento para o tucano Geraldo Alckmin, cujo programa de televisão vai ao ar justamente após o jogo do Brasil com o Japão, no dia 22.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.