quinta-feira, 8 de junho de 2006

Antonio Carlos Magalhães revela vontade de abandonar a canoa de Geraldo Alckmin

O senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA) disse ontem a um cacique peemedebista que as mudanças no cenário político provocadas pela interpretação mais dura da regra da verticalização das alianças eleitorais vieram a calhar para que o seu partido abandone a candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB) sem provocar mágoas entre os tucanos. O senador baiano foi um dos avalistas de Alckmin no PFL na época em que a cúpula do partido pendia para o apoio ao então prefeito de São Paulo José Serra. Com três meses de campanha, porém, Magalhães mudou bastante o seu conceito sobre o ex-governador de São Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.