sexta-feira, 30 de junho de 2006

Ainda sobre as pesquisas eleitorais

O jornalista Fernando Rodrigues fez as contas e publicou em seu blog uma boa análise sobre os números divulgados nesta sexta-feira pelo instituto Datafolha. A melhor observação de Rodrigues está no final do artigo, quando ele soma as votações de todos os adversários do presidente Lula. Hoje, Lula tem 46% e os demais candidatos, 38%. Há um mês, a soma de todos os adversários era de 37% contra 45% de Lula. Nos dois casos, a mesma diferença: 8 pontos percentuais. Isto revela, segundo o raciocínio de Rodrigues, que Alckmin conseguiu atrair praticamente todo o eleitorado dos candidatos que desistiriam (Roberto Freire e Enéas Carneiro). É um grande feito, sem dúvida, mas não modifica em quase nada o problema central, isto é, não agrega votos o suficiente para garantir um segundo turno.

As próximas pesquisas, especialmente as do final de julho, serão mais importantes para os estrategistas das duas campanhas do que as que foram divulgadas nesta sexta. Primeiro, porque mostrarão se realmente existe a tendência de subida da candidatura de Alckmin; segundo, porque com o final da Copa do Mundo, o assunto da vez será realmente a eleição; e, terceiro, porque já refletirão algumas das bondades que o presidente Lula assinou nos últimos dias, como o aumento para o funcionalismo público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.