segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Extrema direita volta a babar

Os blogs direitosos estão em polvorosa com a tal reportagem da revista Cambio, da Colômbia, em que foram divulgados e-mails trocados entre integrantes das Farcs e gente de esquerda no Brasil. Ora, pelo que se pode ver no material divulgado, não há nada de grave na correspondência. Ou os blogueiros – dos anônimos coronéis ao inteligente Reinaldo Azevedo – realmente acreditam que Plínio de Arruda Sampaio e Dalmo Dallari são perigosos terroristas, prestes a destruir a cidadela capitalista em Pindorama? Até Eliane Cantanhêde, colunista da Folha de S. Paulo e que de petista não tem nada, escreveu sobre o assunto para dizer que não há nada de anormal nos e-mails, exceto o fato do governo Uribe estar tentando constranger o de seu colega Luiz Inácio Lula da Silva.

Ademais, quem conhece minimamente a esquerda brasileira sabe que as Farcs sempre tiveram algum contato com os vários partidos locais (PT, PSB, PCdoB, PCB, PSTU, PCO e até o PPS), o que não significa que estes partidos compartilhem dos métodos das Farcs. Como diria o filósofo, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. É mais do que natural que um grupo de esquerda perseguido militarmente em seu país busque contatos com a esquerda de outras nações, e foi justamente isto que as Farcs fizeram, não apenas no Brasil, mas também na Venezuela, Equador, Argentina... Foi o que o IRA, o ETA e demais grupos separatistas sempre fizeram na Europa.

A questão de fundo de toda a revolta dos babões, porém, é um pouco mais complexa. Para os direitosos, as Farcs deveriam ser caracterizadas como grupo terrorista. Este blog também repudia muitos dos métodos utilizados pelos colombianos, mas não tem dúvida do caráter das Farcs: trata-se de um exército de libertação nacional. Se estão certos ou errados, é outra conversa, mas a luta se dá por razões profundamente ideológicas, o que é bem diferente do que puro e simples terrorismo. Ao qualificar as Farcs desta forma, no fundo a direita não faz nada mais do que manipular informações para convencer a opinião pública a se posicionar a partir de um ponto de vista claramente enviesado.

3 comentários:

  1. Muito bom e corajoso esse texto! Se o Azevedo ler esse seu post ele vai te execrar no blog dele. Não acho Reinaldo Azevedo inteligente, mas acho que ele têm muito tempo livre, pois escreve tanto e tanta asneira tb que é difícil compreender suas verborragia. A direita não só baba, mas como anseia em assistir um banho de sangue entre o governo Colombiano e as Farc. Essa mesma direita se tivesse no poder há alguns anos atrás teria bombardeado a Bolívia, qdo esta nacionalizou Petrobrás de lá.

    ResponderExcluir
  2. Dear Luiz,
    very good article. Just one thing: please do not write that Azevedo is clever. He is not. I am not leftist, you know I am an old style liberal loving free market but I swear I have never seen such a fascist and stupid right wing people like here in Brazil (not even in Argentina or in Italy). And Azevedo is one of the "cleverer" figure, in the media sector together with Mainardi of this Brazilian "dereita".
    Abracos,
    Villa Lucchese

    ResponderExcluir
  3. Esses caras deveriam ler o jornal A Nova Democracia e parar de procurar moinhos de vento no PT.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.