segunda-feira, 25 de dezembro de 2006

Mercadante: há males que vem para o bem

O caso do dossiê Vedoin pode acabar realmente mal para o senador Aloizio Mercadante (PT-SP). Aliás, a verdade é que antes mesmo de ser condenado pela Justiça, o senador já está pagando caro pelas besteiras dos "aloprados": antes do episódio, quando ainda era candidato ao governo paulista e tinha poucas chances de vitória, Mercadante dizia a quem quisesse ouvir que, se derrotado fosse, teria um cargo forte no governo federal. De fato, especulava-se até na nomeação do senador para o ministério da Fazenda Hoje, ninguém em sã consciência imagina o presidente Lula nomeando o rapaz para cargo algum.

O velho ditado diz que Deus escreve certo por linhas tortas. Os "aloprados" acabaram prestando dois bons serviços ao País: levaram a eleição para o segundo turno, fazendo com que a vitória de Lula fosse inquestionável pela oposição; e afastaram de vez a hipótese de Mercadante comandar a economia nacional. O Brasil agradece...

Um comentário:

  1. Que maldade Luiz.

    Mercadante minitro nunca passou pela cabeça de Lula.

    Lula nunca poderia abrir mão no senado do único senador que o defende realmente. O único que consegue enfrentar os pitbulls tucanos e pefelistas.

    Sem Mercadante no Senado, a oposição ia deitar e rolar.

    outra coisa. Seu blog está pedindo para instalar um controle ActiveX Fasttrack.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.