terça-feira, 22 de abril de 2008

Terremoto de 5,2°? Nunca antes neste país...

Do jeito que o presidente Lula tem sorte, é capaz do tal tremor desta terça-feira, cujo epicentro ocorreu a 270 quilômetros da costa de São Vicente, em São Paulo, ter ocorrido bem no tal campo de petróleo de Tupi ou no Carioca, recém-descobertos. Uma chacoalhadinha à toa na tal camada pré-sal, só para fazer jorrar mais fácil o ouro negro que está lá embaixo... Para quem não acredita em bruxas, vale a pena lembrar: a jazida Carioca está situada a 273 km da costa de São Paulo, em profundidade de 2.140m.

Mas a verdade pode ser outra. Há certas coisas que são tão difíceis de acontecer que a elas se sucede outra ainda mais rara. É o caso da vitória do Palmeiras sobre o tricolor do Morumbi, naquela várzea chamada Parque Antártica, com a passagem do escrete alvi-verde para a final do campeonato. Era tão difícil de acontecer que dois dias depois o Estado de São Paulo quase vira epicentro de um terremoto!

2 comentários:

  1. Alias, como se sabe após um tremor de terra sempre acontecem outros secundários e reflexivos, a explicação para este é que ele é um secundário do grande tremor que destruiu as estruturas já decadentes do morumbi, mas pelo que parece, este ano deverá ser de grandes tragédias para os habitantes deste local, após o tremor, deverão ocorrer o tsunami verde e também várias tormentas tropicais, como o furacão Valdivia, Diego Souza, Luxemburgo, entre outros.

    ResponderExcluir
  2. Meu caro, presta atenção: não é várzea, e sim nosso chiqueiro, onde os porcos cantam muiiiito alto!!!!!!!

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.