quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Super Péres já condenou Renan

A bem informada Renata Lo Prete escreveu as duas notas abaixo na coluna Painel da Folha de S. Paulo desta quinta-feira.

Voto a favor 1
Jefferson Péres (PDT-AM), relator do processo que acusa Renan Calheiros (PMDB-AL) de ter usado laranjas para comprar rádios e um jornal, deve apresentar na próxima quarta seu parecer pela cassação do presidente licenciado do Senado.

Voto a favor 2
Péres, que iniciou o trabalho alegando falta de provas, mudou de postura após virar alvo de um dossiê. Disse a colegas que houve quebra de decoro com base em "evidências" de que Renan se valeu, sim, de laranjas. O próprio peemedebista já foi informado por aliados de que terá de enfrentar nova votação no Conselho de Ética.

As notinhas de Renata fazem lembrar Rui Barbosa: foi a águia de Haia quem escreveu que o processo político começa pela sentença. O senador Peres, relator do processo contra o presidente licenciado do senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), deve conhecer essa máxima. Tanto é que nem terminou a fase de instrução e já indicou que seu relatório pedirá pela cassação do colega, coisa que Lo Prete não deve ter tido grandes dificuldades para descobrir.

O problema todo é que na próxima terça-feira (13) estão marcados os depoimentos ao Conselho de Ética do Senado de novas testemunhas, como o governador de Alagoas, Teotônio Vilela (PSDB), e Nazário Pimentel. Ou Peres tem dons de vidente e já sabe que os depoimentos não vão acrescentar nada de novo ao processo ou tem uma incansável vocação para trabalhar de madrugada, uma vez que já anunciou que vai entregar o relatório na quarta-feira (14), menos de 24 horas depois dos depoimentos de Teo e Nazário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.