quarta-feira, 28 de novembro de 2007

CPMF virou o pôquer do Senado

Quem quiser já pode começar a apostar. A oposição diz ter 34 votos contra a emenda que prorroga a CPMF – reuniu 32 senadores hoje e disse contar com o apoio de Pedro Simon (PMDB-RS) e de Cesar Borges (PR-BA). O governo diz que poderá ter 55 votos, sete deles capturados no PSDB e DEM, que prometem votar fechados contra o imposto do cheque. Como são 81 os senadores, alguém está blefando. O governo diz querer votar a emenda na próxima semana e a oposição respondeu que aceita. Agora é ver quem vai piscar primeiro. Este blog aposta que a CPMF passa, mas até lá vai rolar muito argumento, como gosta de dizer o senador Wellington Salgado, esfregando o polegar no indicador...

2 comentários:

  1. Oie, Luiz!! Fui sua aluna no curso do Comunique-se e vim conhecer seu blog. Adorei, vou ler sempre que der!!
    Tamb�m acho que a CPMF vai passar, para mim, tudo n�o passa de um show para a oposi�o dizer que � oposi�o, mas no fundo todos t�m interesses em aprovar o imposto do cheque.
    Kyra Piscitelli

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.