quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Aécio já enfrenta fogo amigo

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), pode ter muitos defeitos, mas tem uma grande qualidade, herdada do avô: é um político hábil. Está construindo em Minas um consenso difícil de ocorrer: a união de praticamente todas as forças políticas relevantes para eleger o prefeito de Belo Horizonte neste ano e o governador do estado em 2010. Consenso é quase impossível, o DEM e as forças de ultra-esquerda deverão apresentar candidato, mas Aécio quer uma aliança entre PSDB, PT, PMDB, PSB (que é forte em Minas), e alguns outros partidos da base aliada de Lula e dele próprio, no governo mineiro.

Basta passear um pouco pela blogosfera para perceber que a iniciativa de Aécio não agrada muito o governador José Serra, também tucano. Reinaldo Azevedo, um dos blogueiros mais alinhados a Serra, escreveu hoje duas notas detonando o governador mineiro. Segundo ele, um acordo entre PT e PSDB seria simplesmente impensável. Azevedo vê na manobra de Aécio uma tentativa de escantear Serra e tirar o governador paulista da disputa presidencial de 2010. Ora, ainda que fosse este o objetivo, Aécio estaria no seu direito, uma vez que é tão governador quanto Serra e também tem pretensões presidenciais. Cada um faz o seu jogo e no final quem for mais hábil ganha a parada. Simples assim, mas há um setor do PSDB que só aceita Serra. Reinaldo parece ter a mesma mão pesada que o candidato dos seus sonhos e já está estapeando Aécio a torto e direito.

Falta muito para 2010, mas a verdade é que não se vê em lugar nenhum disputa tão agressiva quanto a que acontece dentro do PSDB – e nem falamos aqui na situação de Geraldo Alckmin, outra vítima da mão pesada do governador paulista. De fato, o problema todo no tucanato tem nome e sobrenome: José Serra. Enquanto ele estiver na área, o PT e as esquerdas só precisam vigiar os seus "aloprados" e correr para o abraço, porque do outro lado Serra trata queimar as pontes atrás de si e semear a cizânia. No fundo, aloprado que nem ele não é fácil achar por aí...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.