quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Obama começou bem

A decisão do novo presidente norte-americano de suspender os julgamentos na base naval de Guantánamo, acatada hoje pela justiça local, é uma boa sinalização inicial para o governo de Barack Obama. Não dá para julgar ninguém no primeiro dia de trabalho, mas pelo menos simbolicamente já foi um ato forte. Fechar a base é o próximo passo e certamente está no horizonte do presidente. Claro que todos os olhos agora estão focados na economia, mas Obama também vai fazer muita política. Talvez ele surpreenda negativamente os neocons - basta ler o blog de Reinaldo Azevedo para ver que a turminha acha que o novo presidente vai ser mais "um dos seus", ou seja, não conseguirá fugir do script ultra-conservador de George W. Bush. Ainda é mesmo muito cedo para tentar fazer previsões, mas o primeiro ato de Obama aponta para uma outra direção, bem diferente. Para o bem do planeta, é bom que os neocons esteja errado e Obama realize um governo arrojado e repleto de novidades, na economia e na política.

Um comentário:

  1. Uma observação, sabe como os "brothers" estão chamando a Michele Obama? Obamama! Se é aqui já estava classificado de governo populista. Obamama dos pobres!
    Agora, não cite aquele rapaz. Ou diga, "aquele rapaz com uma certa deficiencia daquela revista com uma certa deficiencia pra leitores com uma certa deficiencia" que a gente já sabe de quem se trata, ou tem muitos?
    Palhaço paulista

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.