sexta-feira, 18 de julho de 2008

Tadinho do Cacciola

Matéria da Agência Estado, reproduzida abaixo, revela que as mudanças de ares não estão fazendo bem ao ex-banqueiro Salvatore Alberto Cacciola, que teve problemas estomacais e só conseguiu comer uma maçã no seu novo lar, o presídio de Bangu 8.

De fato, talvez a polícia brasileira tenha sido um pouco injusta ao transferir Cacciola de forma tão brusca, direto de Monte Carlo para o subúrbio do Rio de Janeiro. Não custava nada deixar o rapaz alguns dias no Copacabana Palace para facilitar a adaptação dele ao clima da cidade...

Preso com mais dois detentos, Cacciola passa mal no Rio

Segundo advogado, para ficar em cela individual, ex-banqueiro teria que ser transferido para São Paulo


O ex-banqueiro Salvatore Cacciola, que está preso em uma cela especial no presídio Petrolino Werling de Oliveira, conhecido como Bangu 8, no Rio, teve um problema estomacal em seu segundo dia no Brasil e não almoçou a comida do presídio. Segundo o seu advogado, Carlos Eluf, Cacciola conseguiu comer apenas uma maçã.


O ex-banqueiro chegou ao País na madrugada de quinta-feira, extraditado de Mônaco. Preso inicialmente no Ary Franco, para detentos comuns, Cacciola - que possui curso superior - foi transferido na última noite para o Bangu 8. Ele está preso com outros dois detentos que também possuem curso superior. Na cela, segundo Eluf, há apenas três camas, um lavatório e um banheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.