segunda-feira, 5 de fevereiro de 2007

Lula pede e Thomaz Bastos fica mais um pouco: uma má notícia para Tarso Genro

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva solicitou e o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, atendeu. Ao contrário do que havia anunciado na semana passada, Márcio ficará no cargo até a reforma ministerial estar finalizada, o que deverá ocorrer provavelmente no começo de março. Márcio queria ir embora logo, já pediu o boné faz muito tempo e quer começar vida nova.

A permanência de Bastos neste momento é uma má notícia para Tarso Genro porque ele vinha sendo apontado como principal candidato à vaga do atual ministro. Se Lula estivesse um pouco mais confiante no acerto da indicação, teria poupado seu amigo Márcio de mais uns dias de aborrecimento em Brasília e nomeado logo Tarso Genro para a Justiça. Pelo visto, o presidente não está assim tão confiante no taco do seu correligionário gaúcho...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.