sexta-feira, 13 de junho de 2008

Pimenta nos olhos dos outros é refresco

O ditado popular acima se aplica muito bem à nota do PSDB em defesa do governo gaúcho de Yeda Crusius, enlameado até o pescoço por conta das denúncias do vice-governador, que pertence ao DEM, tradicional aliado dos tucanos. Quando a denúncia é contra o governo Lula, o PSDB atira primeiro e pergunta depois. Já se o vice-governador revela o descalabro que se tornou a gestão de Yeda, não se pode prejulgar, pois não há nada que a desabone...

Falando em governo gaúcho e lembrando que o foco do escândalo está no Detran do Rio Grande do Sul, uma boa pauta que a imprensa de São Paulo está deixando de lado é o caso das carteiras de habilitação falsificadas no Detran paulista. Ora, os tucanos estão tomando conta da lojinha desde 1995, quando Mário Covas assumiu o governo do estado, mas a grande imprensa simplesmente ignora ou omite este fato quando são descobertas 200 mil carteiras de habilitação falsas. Se alguém cutucar um pouco, vai achar coelho neste mato...

A seguir, a íntegra da nota dos tucanos em defesa de Yeda.

"O PSDB identifica um movimento político articulado para desestabilizar o governo Yeda Crusius. Uma governadora tucana que imprimiu ao Rio Grande do Sul profundas transformações administrativas.

Como tucana, Yeda Crusius pauta sua conduta pessoal e política em princípios de lisura, competência e dignidade, tanto na defesa do estado quanto do brasil.

Sua eleição contrariou interesses e rompeu paradigmas, o que desencadeou práticas, procedimentos e ações políticas condenáveis e inadmissíveis entre partidos democráticos.

A executiva nacional do PSDB --ao mesmo tempo em que defende a apuração de desvios de conduta - rejeita qualquer atitude pessoal, administrativa e política que objetive atingir a honra de Yeda Crusius. Seu mandato conquistado nas urnas é legítimo.

Sérgio Guerra
Presidente Nacional do PSDB"

4 comentários:

  1. Tem razão o PSDB quanto ao equívoco na escolha do vice. Mas o maior equívoco foi na escolha da Yeda. "Reze", foi o que um prócer do partido disse a outro quando soube da vitória da moça (segundo o Painel, da Folha). E haja reza, porque a impressão clara de todos, inclusive dos prestativos colaboradores da imprensa que a protege, é a de que ela está completamente fora da casinha.

    ResponderExcluir
  2. A cada dia que passa fico com mais nojo do PIG que esconde toda essa sujeira e faz um escândalo com essa bobagem toda de dossiê e Varig....
    Espero que eles (PSDB, DEMOS....) tenham uma surpresa nas eleições, ruim, claro!!!!

    ResponderExcluir
  3. O gover-ninho da Yeda Casanova (PSDB) - viciado na origem - é que nem tele-sena: de hora em hora, um escândalo.

    ResponderExcluir
  4. Tenho a dizer que "picanha nos outros é guisado"!

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.