sexta-feira, 9 de maio de 2008

Pegou mal

Revelado o nome do homem que vazou o suposto "dossiê" com os gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, a pergunta que não quer calar é uma só: por que diabos o senador tucano Álvaro Dias (PR) não contou logo que seu assessor recebeu a planilha do tal José Aparecido Pires, que além de petista seria amigão do ex-ministro José Dirceu?

O senador paranaense já veio com uma conversa mole de que "não deu tempo" de revelar a sua fonte, o que é uma desculpa realmente ridícula, uma vez que ele mesmo, Álvaro Dias, subiu à tribuna do Senado para reconhecer que teve acesso ao dossiê em 31 de março...

Ou os parlamentares da oposição são mesmo muito ruins de bola e não conseguem marcar gol nem com a meta escancarada, sem goleiro, ou então tem alguma coisa esquisita nessa história, afinal não faz sentido um senador tucano e dos mais combativos simplesmente acobertar um crime de um alto funcionário da Casa Civil, ainda por cima amigo do Zé Dirceu – o que para a oposição significa algo equivalente a ter parte com o diabo. Neste caso em particular, este blog não acredita em incompetência dos oposicionistas. Neste mato, é só procurar, tem coelho.

5 comentários:

  1. Me parece evidente o ocorrido. Não resta a menor dúvida que o furdunço todo foi armado e orquestrado pela oposiçao, com auxilio + do que voluntarioso da grande mídia, comentaristas de aluguel e, é claro, dos indignados cientistas da USP, que têm soluçao p/tudo e por isso o Brasil era aquela "maravilha" sob a competente e laureada batuta de mestre FHC - O príncipe das Trevas. Essa coisa toda tem o DNA tucano. Creio que para melhor clareza dever-se-ia trazer a tona a ìntegra do e-mail original, com as informações transmitidas no formato inicial. É claro que tudo isso é sonho. Políticos são malandros. Nâo se vingam: Se cacifam para a próxima jogada.
    Saudações.

    ResponderExcluir
  2. Estreou dia 9 aqui em Montreal, Quebec, Canada, o documentário O Mundo Segundo Lula. É impressionante o respeito que o Brasil inspira com esse presidente. O PIG brasileiro não está falando disso. O documentário tem tido grande sucesso. Sugiro que vejam o link

    http://www.ex-centris.com/

    É absurdo que um fato como esse não esteja sendo amplamente difundido no Brasil. O documentário mostra o presidente Lula como um grande líder mundial, um dos maiores chefes de Estado da História. Não menos que isso. Um documentarista acompanhou o presidente em vários fóruns internacionais e nos presenteou com essa jóia. Estão escondendo isso dos brasileiros. Algo que deveria ser motivo de orgulho para todos nós.

    ResponderExcluir
  3. Tem outra pergunta que não quer calar:

    Porque divulgou para a mídia quando tinha o dever legal de preservar os dados.

    ResponderExcluir
  4. E mais: por quê só o Álvaro Dias recebeu? E a porcaria da matéria da vEJA sobre o "homem-bomba" ( Pronto! Mais um... ) parece aquela entrevista "bombástica" que o Sílvio Pereira deu ao Globo e que depois ele mesmo reclamou que não era nada daquilo que ele havia dito. Pura manipulação.

    ResponderExcluir
  5. É, eu também fico com a terceira das suas suspeitas: tem coisa MUITO esquisita nessa história, é claro. E, dado o contexto, confesso que tenho até certo medo de saber o que seja...

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.