quinta-feira, 8 de maio de 2008

A campanha já está na rua

Avisem o dia em que o governador José Serra aparecer em evento de campanha ao lado do tucano Geraldo Alckmin, seu correligionário e candidato do PSDB à prefeitura de São Paulo. Este blog aposta um Black Label que Geraldo poderá contar nos dedos de uma mão as aparições de Serra. Já o prefeito Gilberto Kassab (DEM) terá que arrumar mais dedos para contar...
Confira abaixo na matéria da Agência Estado.

Evento reúne Kassab, Serra e Quércia em palanque

ELIZABETH LOPES
Na semana em que o Diretório Municipal do PSDB confirmou o nome do ex-governador paulista Geraldo Alckmin para disputar a Prefeitura da capital paulista pela legenda, uma inauguração realizada hoje em São Paulo reuniu no mesmo palanque o governador do Estado, José Serra (PSDB), o prefeito da capital, Gilberto Kassab (DEM), e o presidente estadual do PMDB, Orestes Quércia. O evento foi a inauguração do Complexo Viário Jurubatuba, na zona sul, ocorrida no início da tarde de hoje.

Mais uma vez, Serra evitou comentar a disputa interna de seu partido, que divide correligionários favoráveis à candidatura Alckmin e defensores da manutenção da aliança com o DEM. No evento, Serra fez questão de reforçar a boa parceria que mantém com Kassab, destacando que eles pegaram esta obra (iniciada na gestão da ex-prefeita petista Marta Suplicy) interrompida e a concluíram. Segundo cálculos do governo, a obra teve um custo total de R$ 146,4 milhões, dos quais R$ 105,1 milhões foram investidos pelas administrações Serra e Kassab.

Ao contrário do governador, que tem evitado nessa semana os temas políticos, Kassab voltou a falar da intenção de atrair o PSDB para sua coligação. Sem confirmar oficialmente a adesão de legendas, o prefeito destacou que o PV e o PR provavelmente farão parte de sua coligação, juntamente com o PMDB, que já formalizou o apoio
.

Apesar do amplo leque de alianças que Kassab deverá ter neste pleito, ele voltou a dizer que a prioridade continua sendo o PSDB. Ele reconhece que a formalização da candidatura de Geraldo Alckmin dificulta uma aproximação maior, mas reiterou que vai continuar perseguindo esta aliança ainda no primeiro turno. "Minha vontade pessoal é estarmos juntos no primeiro turno", disse Kassab, referindo-se aos tucanos. E disse mais uma vez que, apesar deste desejo, respeita a decisão dos partidos de terem candidatura própria.

Tucano
O evento realizado hoje na capital reuniu também outros tucanos apoiadores da candidatura Kassab, como o líder na Câmara Municipal, vereador Gilberto Natalini. A ala tucana favorável à manutenção da aliança com o DEM reitera que vai levar esta posição à convenção da legenda, prevista para ratificar a candidatura Alckmin e que ocorrerá no mês de junho. Apesar desta estratégia, apoiadores de Alckmin reiteram que não vão abrir mão da candidatura própria nas eleições.

De acordo com José Serra, o Complexo Viário Jurubatuba, inaugurado hoje em São Paulo, é uma importante marca de seu governo e da administração Kassab. Fazem parte desse complexo duas pontes sobre o rio Jurubatuba, a ampliação da avenida Miguel Yunes, a recuperação e a construção dos pontilhões da avenida, a canalização de trechos do córrego Olaria e do córrego IV Centenário e uma nova avenida na região da Cidade Dutra, denominada Isaías Ribeiro da Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.