quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Diário da crise: o Proer americano

Nesta quinta-feira, as bolsas de valores fecharam em alta, com os investidores animados (ou aliviados) com o anúncio de uma ajuda de mais US$ 200 bilhões, pelo Fed e outros 5 bancos centrais, às instituições financeiras em dificuldade. Na prática, é uma espécie de Proer: o contribuinte paga a conta da farra dos banqueiros. O problema todo é que sem a ajuda, o contribuinte também acabaria pagando o pato porque a falência do sistema financeiro desorganizaria toda a economia, com consequências imprevisíveis. Assim, dá para entender a lógica do Fed em salvar a pele de algumas instituições, o que não dá para aceitar é a turma que dirige irresponsavelmente as tais instituições não serem duramente penalizadas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.