quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Boa observação de leitor

Por e-mail, o leitor deste blog Renato Calado Siqueira envia a mensagem abaixo, acompanhada da matéria publicada na Folha de S. Paulo nesta quarta-feira. Tinha passado batido pelo autor destas Entrelinhas, mas está corretíssima a análise do leitor. É evidente que a diminuição do IPVA não é nem de longe uma vontade do governador José Serra, mas apenas decorrência das particularidades do mercado de automóveis usados. Ora, o preço de venda deste tipo de carro despencou, logo o imposto cai junto, pois é calculado em função do preço. É bom para a candidatura Serra? Sim, é bom, mas o eleitor é mais esperto do que se imagina, vai perceber direitinho que o governo não fez patavinas para que o imposto caísse. Como diz o ditado, quando a esperteza é grande, come o esperto...

Luiz, a materia abaixo dá a entender que o IPVA vai baixar em SP em 2010 mas na verdade o que baixou mesmo foi a base de cálculo do IPVA, que é o valor dos veículos. Será isso mesmo ou é implicância minha?? Por um momento pensei que a FOLHA estava criando um fato positivo para o Serra... tipo, tirando leite de pedra.


IPVA de 2010 cairá entre 10% e 15% em São Paulo

O valor do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) dos carros usados licenciados no Estado de São Paulo, a ser pago no início de 2010, será entre 10% e 15% menor do que o pago no início deste ano, informa Marcos Cézari, em reportagem na edição da Folha desta quarta-feira (íntegra disponível para assinantes do UOL e do jornal).

O lado negativo, no entanto, é que, como o imposto é calculado sobre o valor dos veículos no mercado, significa que o patrimônio do contribuinte está valendo menos, diz a reportagem.

A redução no imposto reflete o corte no IPI dos carros novos, medida adotada pelo governo para combater os efeitos da crise econômica iniciada em setembro de 2008.

A Folha tomou por base o preço de alguns veículos e verificou que, na maioria dos casos, a queda fica entre 10% e 15%. Os carros mais "novos" (com um a três anos de uso) tendem a ter quedas maiores devido à desvalorização natural nos primeiros anos de uso. Já os carros mais "velhos" (acima de cinco ou seis anos de uso) tendem a ter quedas menores porque o preço desses veículos "cai menos" com o passar do tempo.

A Secretaria da Fazenda paulista ainda não sabe de quanto será a queda média do imposto a ser pago entre janeiro e março de 2010, uma vez que os dados para estabelecer a média de preços ainda estão sendo compilados e serão divulgados no dia 30 deste mês.

2 comentários:

  1. A imprensa está garimpando notícias favoráveis ao zé pedágio... eles sabem que ano que vem é tucano assado ao molho de ervas.

    ResponderExcluir
  2. No vamos a esquecer os sonhos do irmão Elton, espero que un dia em Porto Alegre seja dedicado em memória desse martire do MST.
    Eu no vou parando de sonhar em um pais + justo com:
    -saúde
    -educação
    -trabalho
    PARA TODOS!!
    NO a criminalizar o MST
    SIM a uma "verdadeira" reforma agraria.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.