quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Gente fina é outra coisa

Mais uma da ultradireita: o comentário abaixo está no blog Coturno Noturno e revela toda a fineza da turma que combate o "petismo" com unhas e dentes. A vítima desta vez é Ciro Gomes. Dá até pena do tal Coronel, que além de tudo está mal informado: o candidato de Serra em São Paulo não é Alckmin nem Aloysio, mas Gilberto Kassab (DEM). Quem viver, verá.

Bode na sala
Cheira mal. Faz barulho. É mal-educado. Mas tem lá a sua serventia. É Ciro Gomes(PSB-ex-CE-agora SP), o pior "final de carreira" da política nacional. Informam os jornais que está tudo acertado com o seu patrão, Lula. Permanece na disputa até meados do ano que vem, para chifrar as canelas de José Serra e ajudar a sua nova chefa, Dilma Rousseff. Depois, se candidata ao governo de São Paulo, para livrar Dilma dos aloprados locais e tentar dar algumas cabeçadas no desafeto de Lula, Geraldo Alckmin(PSDB), que já está virtualmente eleito, se o partido não tentar inventar o ex-terrorista Aloísio Nunes Ferreira, da mesma turma de quem? Da Dilma. Ciro Gomes, tempos atrás, resolveu deixar a barba. Não era para parecer com um petista. Era para assumir o bode que existia dentro dele.
Postado por CORONEL às 06:25:00 1 comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.