sábado, 26 de junho de 2010

Degringolou

Quando Lula escolheu Dilma Rousseff para ser a sua candidata à presidência, sabia que era uma aposta de risco. Já o PSDB decidiu apostar no candidato com maior recall, no favorito. Todos os cientistas políticos e analistas especializados diziam que José Serra era o favorito. Este blog sempre achou que Aécio Neves era um nome muito mais forte do que Serra porque conseguiria agregar mais, é um político hábil, afável e com trânsito até mesmo no PT - está lá na prefeitura de Belo Horizonte a prova viva disto, uma vez que Márcio Lacerda foi eleito com apoio do PSDB e PT. Pois a confusão que se instalou após a "decisão" tucana de fechar a chapa com um vice do partido, o senador paranaense Álvaro Dias, revela que este blog estava certo. Serra está cometendo um dos maiores erros políticos de qualquer campanha, desde 1989, e ainda que uma solução alternativa seja arranjada, o mal já está feito.

Sim, porque a aliança com o DEM está contaminada, as desconfianças de parte a parte são insanáveis. Causa espanto que um homem público com a experiência de Serra tenha cometido tamanha estupidez? A este blog, não causa espanto algum. Serra sempre foi assim. Já era estranha a longa espera pela definição do vice, pior ainda saiu a escolha e o modo de divulgação. Tancredo Neves dizia que só se faz reunião política depois que todos os detalhes estão combinados e acertados. José Serra parece ter decidido inverter o sábio conselho: não decide nada, anuncia as decisões e... colhe o que plantou. Se insistir na besteira, perde o DEM e perde a eleição, porque não há cristo que possa eleger alguém que passará a campanha tendo de responder perguntas sobre a falta de capacidade para selar uma mera aliança política. Se não é capaz de unir sua tropa, como poderá governar um país complexo como o Brasil?

Definitivamente, a coisa degringolou. O que se espera daqui em diante é uma sucessão de crises internas na campanha tucana, para dizer o mínimo. Se o DEM cantar "você pagou com traição a quem sempre lhe deu a mão", desta vez o tucanato terá que fazer coro...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.