terça-feira, 24 de agosto de 2010

Sensus: Dilma abre 18 pontos sobre Serra

No blog do jornalista Ricardo Noblat:

CNT/Sensus: Dilma 46%, Serra 28,1% e Marina 8,1%

Pesquisa CNT/Sensus divulgada há pouco em Brasília mostra a candidata Dilma (PT) com 46%, José Serra (PSDB) com 28,1% e Marina Silva (PV) com 8,1% das intenções de votos.

Não sabem ou não responderam, brancos e nulos representam 16,8%.

Neste levantamento foram apresentados aos entrevistados todos os candidatos que disputam a sucessão de Lula.

Se as eleições fossem hoje, Dilma venceria no primeiro turno.

Em comparação com a última pesquisa estimulada CNT/Sensus do início de agosto, Dilma subiu 4,4%, Serra caiu 3,5% e Marina teve queda de 0,4%.

Na pesquisa espontânea (em que não é apresentado o nome do candidato), Dilma tem 37,2 %, Serra 21,2 %, Marina 6 %. Os demais candidatos não atingiram 1%. Lula também foi citado por 2,1% dos entrevistados.

No último levantamento realizado no início de agosto, a pesquisa espontânea apontava Dilma com 30,4%; José Serra 20,2%; Marina Silva 5,0% e Zé Maria 3,0%.

Em um cenário de segundo turno entre Dilma e Serra, a pesquisa CNT/Sensus de hoje aponta Dilma com 52,9 % contra 34% de Serra. Ainda não têm candidato 13,2% dos entrevistados

Segundo a pesquisa de hoje, Marina apresenta o maior índice de rejeição com 47,9 %, Serra 40,7 % e Dilma 28,9 %.

Dos entrevistados, 42,9% afirmam ter assistido aos programas eleitorais de rádio e Tv dos candidatos. Dentre eles, 56% disseram que Dilma apresentou a melhor propaganda eleitoral, 34,3% afirmaram que foi de Serra e 7,5% o de Marina

A margem de erro é de 2,2 % para mais ou para menos.

A pesquisa foi encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e realizada entre os dias 20 e 22 de agosto em 136 municípios de 24 estados. Foram feitas 2 mil entrevistas.

2 comentários:

  1. FRIAS PARA O PRESIDENTE LULA:

    DO YOU SPEAK ENGLISH?

    NÃOOO ...

    ENTÃO COMO É QUE VC QUER GOVERNAR O BRASIL?

    Deste jeito:

    http://www.youtube.com/watch?v=keyVjdMFJec&feature=player_embedded

    ResponderExcluir
  2. Só mesmo na Tucanolândia paulista

    Em plena disputa eleitoral, há novas praças de pedágio espalhadas por todo o Estado, prontas para funcionar. Talvez nem precisem esperar até as eleições.
    Dadas as proporções da dinheirama, o escândalo das tarifas deveria ganhar repercussão nacional. Planetária. A continuidade de tamanho acinte ilustra uma putrefação institucional generalizada, que envolve a imprensa, o Ministério Público, a Assembléia Legislativa e até mesmo os partidos oposicionistas.
    Por que a campanha de Aloizio Mercadante continua incapaz de mobilizar o eleitorado contra esse disparate? “É que a população aprova as concessões rodoviárias”, dizem alguns. Mas com base em quê? “No Datafolha.” Ah, bom.

    http://www.guilhermescalzilli.blogspot.com/

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.