sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Mas que calor!

Passeata de tucano é outra coisa. Hoje, em São Paulo, os principais líderes do PSDB, acompanhados por seus amigos do DEM, caminharam pelo centro da capital. Conforme relato do UOL, “às 13h, exata uma hora depois do início da caminhada, o ato terminou na praça da República sem as presenças de FHC, Kassab e Alckmin. Eles já haviam deixado a passeata meia hora antes.”
Explicação: o sol estava forte e a temperatura, alta.
Pena que não há mais jornalismo investigativo no Brasil: um pulinho dos coleguinhas ao restaurante Le Casserole, ali do lado, renderia uma das mais contundentes imagens da campanha deste ano...
E a pergunta que não quer calar: de que ano era a safra do Sauvignon Blanc escolhido para refrescar os ânimos dos grãos-tucanos??

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Serra foi “agredido” no Rio de Janeiro?

Não, não foi desta vez. Faltou morrer um major para o aprendiz de Carlos Lacerda repetir 1954. O que o PSDB e a ultradireita quer não é a bala de prata. É o tiro no peito. De Lula, não de Dilma. 
Até dia 31, vai ser um verdadeiro tudo ou nada, porque a direita está em um despesero de dar dó. Quem viver, verá...