Pular para o conteúdo principal

Ainda sobre o novo jornal de economia

A matéria abaixo, da Agência Lusa, praticamente confirma a história do novo jornal de economia do post anterior. O grupo Ongoing possui a totalidade do capital da Económica SGPS, empresa proprietária dos jornais Diário Económico e Semanário Económico. Também é acionista de empresas como a Portugal Telecom e a Zon Multimédia (antiga PT Multimedia, dona da TV Cabo, que se separou da Portugal Telecom em novembro), com 6,1% e 3,16% do total do capital, respectivamente.

Grupo Ongoing vai entrar no Brasil este ano
02/07/09, 16:13 OJE/Lusa
O vice-presidente da Ongoing disse hoje à Lusa que o grupo vai apostar na comunicação social do Brasil ainda este ano, com o objectivo de ser "o maior grupo português de económicos nos países de língua portuguesa".
"O nosso próximo objectivo é o Brasil e isso acontecerá ainda este ano", afirmou Rafael Mora à margem do VIII Fórum Telecom e Media, que decorreu hoje em Lisboa.
"Queremos ser o maior grupo português de [media de] economia nos países de língua portuguesa", sublinhou.
O responsável explicou que a internacionalização do grupo é uma das apostas da Ongoing, sendo que o objectivo principal "é cobrir o triângulo virtuoso de Lisboa, Luanda e São Paulo".
A Ongoing já está presente em Angola, através do título económico Expansão, criado em parceria com o grupo angolano Score Media.
A forma como irá "entrar" no Brasil "ainda está em estudo", não podendo, para já, adiantar se será através da criação de um novo título ou de uma parceria com um grupo já existente naquele país.
Rafael Mora admitiu ainda não estar decidido o sector da comunicação social brasileira onde o grupo irá apostar, referindo existir "interesse estratégico em televisão, imprensa ou Internet".

No site oficial do Ongoing, que não tem versão em português, há um curto perfil do grupo:

In the late 19th century the Rocha dos Santos family established a consumer goods industry which in the mid 20th century ranked as one of the largest industrial conglomerates in Portugal: Grupo SNS, Sociedade Nacional de Sabões.
After the 1974 revolution, SNS became the largest privately owned group in Portugal with interests in the Agro and Chemical industry, Advertising, Media, Food, Healthcare, Household products and Real Estate.
After divesting from Grupo SNS in the early 90s, the family began their investment diversification via the financial markets.
In 2004, Nuno Rocha dos Santos de Almeida e Vasconcellos, 5th generation family member, established Ongoing Strategy SGPS to further organize and professionalize the family investment office activity with a strategic focus in Portugal and in the Portuguese speaking economies.
In 2007, Ongoing International was established with the objective of further diversifying and internationalizing the investment strategy in partnership with strategic institutional investors.
Ongoing seeks to leverage it’s entrepreneurial and financial expertise to become a leading global investor.

Comentários

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.

Postagens mais visitadas deste blog

Se non è vero, è bene trovato...

O ditado italiano cai perfeitamente para a nota reproduzida abaixo, da lavra da repórter Renata Lo Prete, editora do Painel da Folha de S. Paulo. Palocci está, digamos assim, um pouco verde para a disputa do governo paulista.

O único reparo que pode ser feito ao raciocínio apresentado pela jornalista está na última linha: o ex-ministro da Fazenda não tem sotaque para a disputa da prefeitura da capital.

Ok, já foram eleitos para este mesmo cargo uma nordestina (sotaque fortíssimo), um carioca (e preto, por sinal, que disfarçava bem oss essesss sibilantesss), um libanês (outro com um jeito de falar todo peculiar) e até um fanho (solteiro e sem filhos, como alertou sua rival na eleição). Tudo isto é verdade, mas qualquer marqueteiro vai perceber que a cidade não elegeria jamais um candidato que diz "porrrteira", "jarrrdim" ou "arrrtista". Não, nem o Palocci nem o Zé Dirrceu teriam chances na capital. Alguém da Mooca aconselharia, muito sabiamente: "termin…

O que muda com Bolsonaro fora do PSL?

Matéria da Folha publicada nesta tarde informa que o presidente Jair Bolsonaro busca saída jurídica para deixar PSL e evitar cassação de deputados. Segundo a Folha, o recado foi dado por ele a deputados e advogados em reunião na tarde desta quarta-feira no Palácio do Planalto.
"O anúncio de mudança de partido, contudo, não deve ser feito imediatamente. A equipe jurídica que assessora o presidente trabalha agora na construção de uma saída para evitar que os deputados aliados que queiram migrar de legenda com Bolsonaro percam seus mandatos por infidelidade partidária", informa a Folha.
"Por enquanto, eu continuo. Não tem crise. Briga de marido e mulher, de vez em quando acontece. Tudo bem. O problema não é meu, o pessoal quer um partido diferente, atuante. Este partido está estagnado. Não tem crise, não tem o que alimentar. Não tem confusão nenhuma", disse em rápida entrevista aos jornalistas.
A motivação de Bolsonaro parece clara - se desvincilhar de um partido que …

Uma pausa para uma tragédia

Perder um filho é uma tragédia. Não consigo imaginar nada pior, não sei se suportaria, acho que não.
Hoje, agora pouco, morreu Thiago Nery, colega de classe do meu filho João, aluno do Santa Cruz. Uma morte idiota, a marquise caiu sobre ele e outro colega, que está bem, no HC, sendo operado agora. Minha filha e meu filho estão no teatro do Santa com todos os colegas, professores, alguns pais e o Diretor Geral da escola.
Me junto a eles aqui de casa depois de fazer meu filho pequeno dormir, em oração. Não sou religioso embora tenha formação católica, mas peço a todos os santos, orixás, toda a força que há na Terra e além, para que confortem a família e os colegas.
Ele, ou Eles, estão no comando, a vida é frágil e temos que cuidar uns dos outros.

Link para matéria sobre o caso: https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2019/11/marquise-desaba-nos-jardins-em-sp-e-deixa-um-morto-e-um-ferido.shtml